22.12.11

sobreviver ou viver?

Fujo contra o vento, na esperança que me agarres, que nunca mais me deixes um único dia sozinha. Fujo contra o vento, na esperança que me ampares, que me deixes viver. Esperança. Esperança porque não quero sobreviver, eu quero é viver. 



3 comentários:

  1. estou a seguir* gosto bastante do texto.

    ResponderEliminar
  2. gosto muito do teu blog *_*
    vou seguir, segue o meu ;D
    beijinho (;

    ResponderEliminar